Crowfunding: “Amo meus filhos. Mas odeio ser mãe”

O blog Cientista que virou mãe está buscando doações para custear o texto “Amo meus filhos. Mas odeio ser mãe”. Para colaborar, é só visitar aqui.

“Há um aprendizado praticamente universal da maternidade: ela é solitária. Mas o que nos faz aguentar sozinhas o peso da responsabilidade de uma vida de maneira tão natural, sem questionamentos? A mãe que no fim do dia quer apenas voltar a ser uma mulher de novo, não está arrependida da sua opção de ter filhos. Ela se arrepende, somente, de estar em uma posição onde não existem opções para ela. Do que você se arrepende quando pensa na sua maternidade? Isso é seu ou tem sido socialmente imposto?”

*UPDATE: O texto conseguiu financiamento e ficou pronto. Porém, não vou publicar ou divulgar aqui porque ele foge totalmente à proposta do título. Na verdade, não é sobre uma mãe que odeia a maternidade, mas sobre uma mulher que deseja que o mundo gire em torno do umbigo dela. Ela reclama que empresas não têm empatia para com mães, que ruas são esburacadas para andar com carrinho de bebê… só bobagens assim. Deveria mudar o título para “Eu seria mais feliz se o mundo girasse em torno de mim e do meu filho”.

Anúncios

3 comentários sobre “Crowfunding: “Amo meus filhos. Mas odeio ser mãe”

  1. anônimo disse:

    Nunca imaginei que iria odiar ser mãe! Sempre quis ter filhos, não podia tinha endometriose. Ia ser difícil engravidar e hoje tenho 3 lindos filhos. Amo meus filhos. Quero o melhor do mundo para eles… Porem odeio demais ser mãe. Não suporto ter essa dependência de ser mãe. De não conseguir respirar. O pior é ser julgada por isso. Não ser respeitada por isso. Não é falta de amor. Amo demais. Só não nascir para ser mãe. Deus me perdoe. Sinto vontade de sumir. De morrer… De desaparecer…. Só não aguento mais tudo isso!

    Curtido por 1 pessoa

    • Eu te entendo perfeitamente. Mas fique forte. Procure outras coisas na vida que te tragam prazer, nem que seja um prazer pequeno, como comer um chocolate ou assistir a um episódio de seriado quando as crianças dormem. É assim que tolero um dia de cada vez. Beijos!

      Curtido por 1 pessoa

  2. Anônima disse:

    Gostaria muuuito de saber se existe algum grupo de discussão ou de apoio ás mães que não gostam de ser mães.
    Estou vivendo este dilema.
    Amo muuuito meus filhos mas odeio o fato de não conseguir fazer nada sem ouvir choro.
    Eu SÓ queria descansar uma noite ou lembrar de quem eu sou.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s