“Nunca quis ter um filho”, dizem mais e mais brasileiras

O número de mulheres que não tem filho aumentou em 6% nos últimos 10 anos no país. Quanto maior o grau de educação, menor a chance de a mulher querer engravidar

Há muitos séculos predomina nas sociedades a ideia de que cabe à mulher a responsabilidade de continuar a linhagem de seus parceiros, já que é a sua biologia que permite a gestação. Ao longo da Idade Média, do Renascimento e da Modernidade – embora tenhamos relatos desse comportamento ainda na Contemporaneidade –, foi considerado uma desgraça se casar com uma mulher que não pudesse ou não quisesse ter filhos. Em algumas sociedades, ainda hoje, a partir da primeira menstruação, uma menina já pode ser separada de sua família e ser casada com um homem muito mais velho.

Estatísticas mostram, porém, que, no Brasil, a obrigação de ser mãe tem caído por terra de maneira constante durante os últimos 10 anos.

Leia o restante do texto aqui.

Anúncios

Um comentário sobre ““Nunca quis ter um filho”, dizem mais e mais brasileiras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s